X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Destino ou jornada

As aventuras que estão no caminho

Destino ou jornada

As aventuras que estão no caminho
Destino ou jornada
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Minha primeira viagem internacional, e para qualquer outro gaúcho que se preze, foi para o Uruguai haha. Véspera de carnaval, fui comprar uma barraca, e saí da loja faceira, como quem adquire sua primeira casa própria. Porém, com a versatilidade de poder colocá-la nas costas e levar para qualquer outro lugar. 

Na ânsia de botar a casa em uso novamente, programei um mochilão com uma amiga da faculdade. Era o ano de 2011, e havia um grupo em Porto Alegre que fazia viagem de ônibus para o Peru. Passamos alguns meses antes programando, e não satisfeitas com a adrenalina das estradas que enfrentaríamos por lá (acho que na verdade não tínhamos nem ideia) ainda acrescentamos uma continuidade. Na volta da “excursão” desceríamos no norte da Argentina e seguiríamos viagem sozinhas rumo ao Uruguai antes de retornar.

De Porto Alegre ao Peru foram 4 dias dentro de ônibus, com paradas estratégicas para comer e tomar banho. Cruzamos a Argentina e o Chile até chegar ao Peru. Cada quilômetro andado a comida ficava mais exótica, os banhos mais frios e escassos, e o pessoal do ônibus, que nem se conhecia anteriormente, mais unidos. 

Tinha o pessoal do baralho, que não liberava nunca a salinha de jogos. O casal aventureiro, que compartilhava suas andanças pelo mundo afora. A família, que resolveu fazer sua primeira trip em conjunto para um lugar totalmente diferente. Uma senhora de 90 anos, provando que nunca é tarde para nada, acompanhada de sua cuidadora. A galera do fundão, que não era uma gurizada, e sim um time de três mulheres de meia idade, querendo curtir e viver tudo aquilo que até então ainda não haviam se oportunizado. Diferentes tribos e objetivos, convivendo junto e indo ao mesmo destino. 

Aí você pensa: que irado conhecer o Machu Picchu. E eu te digo que relembrar essa viagem me faz pensar em dezenas de histórias incríveis antes mesmo de chegar nas ruínas.   

Foi a primeira vez, e talvez única na vida, que passei um mês com quatro ou cinco mudas de roupa. Tínhamos uma quantia de dinheiro programada para gastar por dia, uma câmera digital no bolso e um cartão de crédito para caso de extrema emergencia. As longas paradas nas fronteiras, a altitude, os penhascos, o deserto, a vista. 

Eu nunca planejei montar acampamento de madrugada, num local aleatório, depois de rodar a cidade inteira e não encontrar hostel para se hospedar. Muito menos imaginei amanhecer com dezenas de crianças brincando na volta, porque tinha armado a barraca exatamente no meio de um balneário municipal em véspera de feriado. No mesmo dia em que as casas de câmbio estavam todas fechadas e o dinheiro disponível dava para comprar apenas um pãozinho e um sorvete de casquinha (o melhor sorvete de casquinha do universo). 

As tentativas de pagar o taxi com dólar, ou as trocas de dinheiro na rua que nos renderam um nota de 100 pesos falsa. As alucinadas aventuras de duas brasileiras tentando repassar a nota de dinheiro falsa que haviam recebido na Argentina. As festas mais estranhas e divertidas que pude fazer. 

Quando percebi, estava numa roda de violão, em uma cidade que nem tinha programado passar, cantando musicas em espanhol com gente de todo canto do mundo. Ou hospedada em um hostel, de uma praia vazia, conversando com um inglês insano, através do google translator. 

Muitos vão ler isso e pensar: que loucura. Isso podia ter dado muito errado. Mas gosto de acreditar que o mundo está repleto de pessoas incríveis, e a gente precisa se oportunizar a andar por ele e reconhecê-las. E depois que você faz isso, consegue perceber quanta coisa está perdendo, por medo de sair da sua zona de segurança. 


“Yo muy serio voy remando muy adentro sonrío

Creo que he visto una luz al otro lado del río..” 

 

Deixe seu comentário aqui:

Orgulhosamente desenvolvido por @renanabraham - WC®3.1.4

Design: My Wishes Gallery.com

2019 - Prô Mundo - Todos os direitos reservados