X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Tempo de organizar a vida

Desfazendo as malas

Tempo de organizar a vida

Desfazendo as malas
Tempo de organizar a vida
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Por Natalia Dalpiaz

Meia hora, esse foi o tempo que eu levei para tirar todos os meus pertences da mala e guardar no roupeiro de minha casa temporária. Meio dia, a agente da imobiliária chegou ao prédio (para fazer contrato, vistoria e tudo o mais) às treze e trinta, minha mudança estava oficialmente completa. 

Cheguei em Chiang Mai no primeiro dia do mês de dezembro, passei uma semana em um Airbnb e dois dias em outro, enquanto achava um local adequado e com bom preço para alugar por mais tempo. As casas aqui, para alugar por temporada, vem equipadas com o básico. São estúdios com pequenas cozinhas (pia, microondas, geladeira, cooktop, jarra elétrica, torradeira e alguns utensílios); banheiro (se tem agua quente estamos grandes, box ou cortina já é pedir um pouquinho demais); cama, roupeiro, mesinha de jantar, ar condicionado, TV e varanda (quase todo lugar tem varanda).

Eu vinha de uma jornada onde fui “picando” por cidades de Portugal, depois fiquei em Bangkok, depois fui para as Filipinas. Frio, calor, calor, frio. Vinte quilogramas de bagagem, vinte quilos que contemplam tudo que se precisa para sobreviver por um tempo.

Não é tão fácil achar locais com máquina de lavar e muitas vezes não se acha tempo para isso, então o banho ganha mais de uma utilidade. Na primeira semana em Chiang Mai já não dava mais: eu não tinha uma só peça limpa, foi quando descobri as máquinas de lavar com moedas, muito utilizadas por aqui. Não havia um canto da casa onde não tivesse peça de roupa pendurada. Pois bem, guarda roupa renovado. 

Quando estamos na estrada, a prática do desapego é obrigatória. Até dá para adquirir coisas pelo caminho, mas para isso terá que abrir mão de outras. Ou, a quem quiser exceder o peso e pagar franquia de mala, boa sorte ao se transferir de um local ao outro. Para mim o problema não é o peso, mas a quantidade. Viajar sozinho faz você ganhar qualquer competição de: é teu aquilo que você conseguir carregar. 

Tempo de organizar a vida

É engraçado como ao longo da vida a gente vai querendo adquirir, e se sente tão recompensado em comprar. E agora, quando paro para pensar, não me arrependo nem um pouquinho das conquistas que fiz nos últimos meses, sem modificar meus 20kg de bagagem. 

Quanta coisa a gente faz em meia hora? Eu, tomo banho, preparo almoço, me arrumo para sair.. mas hoje, posso dizer que consigo arrumar meus pertences dentro de um pequeno apartamento em trinta minutos. E não me falta nada. 

 

Tempo de organizar a vida

Deixe seu comentário aqui:

Orgulhosamente desenvolvido por @renanabraham - WC®3.1.4

Design: My Wishes Gallery.com

2020 - Prô Mundo - Todos os direitos reservados